Plano Residencial de Espinho

@ Paulo Chuvas Martinho

 

Espinho, Portugal

1998

3,9ha

INH

 

 

Para o terreno, muito irregular e acidentado, são propostas ruas e caminhos curvos, que reduzam a velocidade dos veículos automóveis e tornem o espaço mais tranquilo e prazenteiro, com edifícios dispersos rodeados por árvores, tornando o local num parque urbano que permita uma certa continuidade e ligação dos bairros que o rodeiam, antes tão diferente e dissonantes, dando unidade ao conjunto.

CHUVAS

 

 

 

..

ENGLISH